A Garganta da Serpente
Veneno Crônico crônicas
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Mulher, Torne-se uma Independente Sentimental

(Luciana do Rocio Mallon)

Desde a Revolução Industrial a mulher vem lutando por independência financeira. Hoje, estamos no século XXI e vemos que isto já virou realidade. Pois, a maioria das pessoas do sexo feminino não depende mais de um parceiro para sobreviver materialmente. Mas, o problema é que existe uma grande quantidade de mulheres que é uma espécie de dependente sentimental do seu parceiro. Há moças que apanham dos seus companheiros, porém que não querem acabar com estes relacionamentos doentios com medo de perderem seus amados. A raiz deste equívoco todo está na nossa cultura, pois as meninas são ensinadas, de uma forma errada, de que para uma mulher ser feliz é preciso que ela ache um companheiro, a tal metade da laranja que o destino reservou.

Por isto é necessário que além da mulher ser independente financeiramente, ela torne-se uma independente sentimental. Ela deve transferir sua libido para outras atividades satisfatórias como: artes, esportes, serviços voluntários e o próprio trabalho remunerado mesmo. A sublime criatura feminina deve tocar seu corpo com as próprias mãos e aprender a se masturbar com o objetivo de encontrar o prazer por si mesma.

Através disto a moça descobrirá que não é necessário ter um parceiro para se realizar e deste jeito evitará ser explorada sexualmente por um cafajeste qualquer. Assim, pouco a pouco ela conseguirá se libertar da ditadura machista que ainda reina em nossa sociedade.

Por isto, mulher: torne-se uma independente emocional. Afinal, você não precisa de um homem para ser feliz.

  • 351 visitas desde 10/05/2017
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente