A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

ECOS

ecos trincaram vidro
arremesso ao ventre
de suas vozes

voltam hídricos
como se recém-golfados
da saliva ácida

o coma era
suspensão
na redoma


(Marcilio Medeiros)


voltar última atualização: 23/05/2017
4535 visitas desde 18/01/2008

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente