A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

VIRGEM

não há bis
no abismo
por isso a regra diz
se quer ficar à margem
curta o risco,a vertigem
mas,virgem,
não meta a língua
o nariz
na visão
translúcida
porosa
do vão


(Marcilio Medeiros)


voltar última atualização: 23/05/2017
4722 visitas desde 18/01/2008

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente