A Garganta da Serpente

Ariella Medeiros

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

A minha mãe!

Mãe querida, amada e destemida.
Figura que mora no meu coração.
Mulher sofrida, GUERREIRA
Arretada, nordestina.
Mais forte que rocha,
Mais valente que um leão
Com unhas e dentes protege a cria,
Conselho? Não se aproxime não.
Mulher única, independente.
mesmo estando distante se faz presente.
E digo mais...
Vou te amar para todo SEMPRE.
À minha mãe de todo o coração...


(Ariella Medeiros)


voltar última atualização: 08/10/2007
10358 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente