A Garganta da Serpente
Saliva de Cobra editorial a contragosto

Depois de um incômodo silêncio, a serpente abre lentamente a boca para mandar notícias às suas presas.

Ainda não conseguimos colocar toda a correspondência em dia e as atualizações ainda estão um bocado acumuladas depois dos últimos problemas técnicos pelos quais passamos. Contamos com a paciência e a compreensão de todos.

Por outro lado, gostaríamos de agradecer a todos os que contribuíram de alguma forma para ajudar a amenizar nossas dificuldades financeiras. Divulgamos a seguir a última prestação de contas e esperamos poder continuar merecendo a solidariedade de todos.

Aproveitamos também a oportunidade para divulgar mais resultados de nossa pesquisa de opinião. Caso queira comparar os resultados das parciais anteriores, basta verificar os editorias dos dias 01.03.2005 e 18.04.2005

Quais seções você mais visita ou participa?
A Toca da Serpente 18%
Contos de Coral 12%
Veneno Crônico 10%
Artigos Envenenados 10%
Ouroboros 4%
Cobra Cega 4%
A Boca do Crocodilo 4%
Cartões Rastejante 11%
Sala das Najas 8%
Os Encantadores de Serpentes 7%
O Muro Impuro 6%
Picadas 5%
Votos: 271

Quais assuntos mais o interessam?
Poesia 19%
Prosa (contos, crônicas) 15%
Artigos 10%
História da Literatura 11%
Dicas de gramática e estilística 10%
Direitos autorais 5%
Concursos e eventos 12%
Cartões virtuais 12%
Comunicar-se e fazer amizades 7%
Votos: 323

Quais assuntos você sugere para novas seções?
Haikais, trovas e minipoemas 13%
Poemas visuais 14%
Literatura de cordel 11%
Fábulas e lendas 19%
Ensaios 8%
Livraria virtual 13%
Redações, dissertações 8%
Novelas ou livros em capítulos 8%
Votos: 228

Quais materias promocionais você teria interesse em comprar?
Mousepads 4%
Adesivos 7%
Camisetas 13%
Canetas 12%
Marcadores de livros 9%
Pastas 5%
Envelopes 4%
Papéis de carta 5%
Cartões 17%
Agendas 10%
Calendários 7%
Canecas 7%
Votos: 225


Todas as críticas e sugestões continuam sendo muito bem recebidas. A criação das seções Resenhas dos Répteis e Serpente Fabulosa e a nova organização dos Cartões Rastejantes de flores são alguns dos resultados práticos de nosso pesquisa de opinião.

Conforme já mencionamos nas parciais anteriores, os visitantes continuam divididos em relação à imparcialidade e a falta de censura das publicações versus a necessidade de seleção dos trabalhos.

A maior preocupação é com alguns autores considerados "medíocres" e que poderiam comprometer a qualidade do site. Por enquanto, a Garganta da Serpente continuará aberta para que todos possam entrar e sair quando quiser. Caso a maioria assim decida, poderemos implantar um sistema de seleção de trabalhos. Todavia, cabe lembrar que não existe uma EQUIPE cuidando do site e caso isto realmente venha a ser estabelecido futuramente, as atualizações se tornarão ainda mais demoradas.

Por outro lado, entendemos que também cabe aos leitores o dever de se manifestar e entrar em contato com todos os autores lidos: tanto os adorados para enviar-lhes seus elogios, quanto com os autores odiados, para que eles possam saber o que está desagradando seus leitores. Quem realmente abraça a Literatura como ofício, não escreve para si: escreve para ser lido. Todos sabemos que críticas construtivas são fundamentais para o trabalho de qualquer profissional, principalmente dos que optaram pelos caminhos artísticos - no caso literários. Muitos de nossos autores evoluíram bastante graças a opiniões e sugestões de leitores. Vários se retiraram do site após chegar a conclusão de que seus trabalhos ainda não estavam suficientemente maduros e muitos destes voltaram, tempos depois, com trabalhos sensivelmente melhores. Talvez o mais importante nisso tudo seja saber que a Garganta da Serpente ainda continua sendo o primeiro local de publicação de muitos escritores e poetas na Internet - que depois alçam vôos por outros portais literários, muitas vezes sob convites e elogios.

Neste mesmo sentido, várias pessoas que responderam à nossa pesquisa sentem a necessidade de um espaço para comentar os trabalhos no próprio site (em vez de apenas enviar mensagens diretamente aos autores). Um efetivo sistema de comentários só será viável quando conseguirmos verbas suficientes para colocar todo o site em banco de dados. De qualquer forma, foi implantada uma "caixa de comentários" rudimentar exclusivamente para os autores que efetuaram doações ao site nos últimos meses, como forma de retribuião.

Por fim, outro ponto bastante enfocado foi em relação aos nomes das seções. Muitos ainda se perdem no menu, enquanto outros adoram se divertir descobrindo o que há por trás dos "títulos intrigantes". Todavia, há muito tempo, foi colocada uma pequena descrição nos itens do menu, visível para usuários de Internet Explorer (versões superiores a 5.5) e para usuários de Netscape (versões superiores ao 6): basta parar o mouse sobre o item selecionado para que apareça a descrição do conteúdo da seção.

E para quem quiser continuar ajudando-nos a manter nossa Garganta sempre aberta, entre em contato conosco.

Um grande abraço,
Agostina Sasaoka.

(25.07.2005)


Siga nosso Twitter:



Última prestação de
contas das doações arrecadadas até 25.07:
lista de doadores

+ 16 que preferem se
   manter anônimos

+ 6 que não se identificaram
   (favor entrar em contato)


nº de mensagens de solidariedade recebidas: 79

nº de pessoas que efetivamente doaram: 36
3 visitantes e 33 autores (3% dos autores)

Recuperação de dados:
R$ 1.200,00

Total arrecadado:
R$ 1.142,21

(foram recebidas doações de R$ 5,00 a R$ 100,00)
Nossa gratidão à Rosa Pena e Maria José Zanini Tauil que efetuaram 2 doações

Agradecimentos especiais
ao habitante Nilton Maia que desde abril deste ano tem feito doações periódicas para ajudar em nossas despesas operacionais

Desde julho começaram a ser implantados alguns benefícios em retribuição aos habitantes que doaram e que puderem continuar fazendo doações periódicas: os autores terão menor intervalo entre as atualizações, contador de visitas e até uma caixa de comentários, para receber a opinião dos leitores.
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente