A Garganta da Serpente
Resenhas dos Répteis releases, resenhas e críticas
Texto de:
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Antes de Morrer
- Um livro de Jenny Downham -

A estréia da inglesa Jenny Downham na literatura, com o livro Antes de morrer (Before I die, 2007), recém-lançado no Brasil pela Agir, foi uma surpresa devido ao êxito que obteve na critica e pelo público leitor. Sua história arrebatou a critica inglesa e a norte-americana, ganhando logo a lista de best-sellers. Teve uma estréia apoteótica, podemos notar, na semana que estava sendo finalizado, sua autora, já recebia a oferta de um editor. Menos de 24 horas, já estava sendo vendido para a Holanda. Duas semanas, já tinha 10 traduções acertadas. Já traduzida para 22 idiomas, sendo eleita um dos dez melhores do ano pela American Library Association e pela Publishers Weekly.

A narrativa emociona, não tem como verter lágrimas após ler as últimas páginas. Em primeira pessoa, a personagem Tessa Scott, uma garota de 16 anos, perspicaz e espirituosa. Uma adolescente normal, com os mesmos desejos e inseguranças das outras de sua idade. Entretanto, há quatro anos Tessa é portadora de leucemia, em estágio terminal, tem apenas alguns meses de vida e até o final das 290 páginas do livro ela irá morrer.

Sabendo de sua dura realidade, Tessa inicia um projeto. Um plano bem diferente de outros livros que abordam a luta pela vida. Não vamos ver mais um daqueles planos, em que uma pessoa luta pela vida, onde não entrega os pontos, nem mesmo nos últimos segundos. Aqui, não teremos esse clichê, Tessa não lutará, mas vai enfrentar a proximidade da morte. Sabendo que vai morrer em breve, decide aproveitar o tempo que lhe resta. E sentindo-se cada vez mais longe em seus sonhos: apaixonar-se, ter filhos, viajar pelo mundo. Lista, então, dez tarefas a fazer antes de morrer. Uma delas, perder a virgindade. Ou ser como Zoey, sua melhor amiga, ousada em infligir leis e fria com seus sentimentos, pelo menos até o dia fatídico.

Seus pais são divorciados. Sua mãe fugiu com outro, quando ela tinha 11 anos. Seu pai é um homem de casa, faz tudo pela filha, e tem umas passagens que mostra a muito outros pais, como lidar com um problema desses. Tessa tem o desejo de uni-los novamente. Mesmo sabendo que fraqueja a cada dia, pois a doença avança, ela pelo egoísmo e pela imprudência, pela raiva e pelo medo, não mede esforços para realizar sua lista. E com o passar do tempo descobre o amor profundo, e passa a ver as coisas com outros olhos.

Assim ela se despede da vida, e nós, ficamos com as lágrimas, que com certeza marcará até mesmo o mais estóico dos leitores.

Escrita com delicadeza e afeto, a autora teve dois anos e meio para concluir a história. Sua inspiração veio do período que trabalhava como atriz de uma companhia londrina, a Tellers Theatre. Foram sete anos, em que o improviso teatral, era o mote da companhia. Apresentavam-se em hospitais, prisões, abrigos, clubes juvenis, bairros residenciais, para jovens que nunca tiveram acesso à arte cênica. Foi assim que interpretando personagens com os quais não tinha nada em comum, que construiu os seus para um futuro livro. Com vários cadernos de notas, anotava seus medos, seus desejos, suas esperanças, seus gostos. E após ganhar o London Writer's Competition, com seus personagens, decidiu escrever Antes de morrer.

De maneira suave. Downham trata um assunto delicado como a morte de forma franca, sem ter aquela depressão ou morbidez de outras narrativas. A inconseqüência da juventude e a maturidade de conviver com a morte são os temas deste fascinante livro que nos ensina a ver a vida.


Antes de Morrer
Autor: Jenny Downham
Tradução: Fernanda Abreu
Editora Agir
290 páginas
2008

397 visitas desde 19/04/2017


Quer outra dica de livro?