A Garganta da Serpente
Resenhas dos Répteis releases, resenhas e críticas
Texto de:
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

A última viagem de Colombo
- Um livro de Martin Dugard -

A vida de grandes personagens históricos possui eventos e momentos que pintam o seu retrato para a posteridade. Muitos desses acontecimentos são esquecidos ou não muitos lembrados, tornando-se um bom filão para romances, biografias ou estudos diversos, como foi no O Caderno Secreto de Descartes, de Amir D. Aczel, onde amparado por uma pesquisa minuciosa, o autor desenvolveu um relato não muito conhecido na vida do personagem biografado.

Amalgama de romance histórico com biografia, A última viagem de Colombo, (The last voyage of Columbus - tradução de Renato Bittencourt, Record, 303 pp) o novo livro de Martin Dugard, mostra com detalhes o lado humano de Cristóvão Colombo, bem diferente dos textos didáticos que aprendemos na escola. Colombo emerge na narrativa de Dugard no fim de sua vida, como um homem imperfeito, doente e quase sem enxergar, mas que ainda assim é um carismático marinheiro que mantêm a atenção de leitores e historiadores.

Colombo é, em muitas maneiras, uma das figuras mais enigmáticas da história humana. Um homem de visão, ou como Dugard relata no livro: "Colombo tem sido alternadamente venerado e vilipendiado. Deixando de ser uma nulidade, passou a ser um pára-raios pra todo tipo de controvérsias. Visionário, culpado pelo genocídio que suas descobertas causaram um enigma dúpuo: italiano e conquistou o Novo Mundo para a Espanha: cristão, mas a via a escravatura como comércio".

Dugard iniciou sua pesquisa para o livro, após a descoberta de destroços de um antigo naufrágio na foz de um rio panamenho, era do La Vizcaina, um dos quatro navios da ultima e quarta viagem que fez ao Novo Mundo. Uma viagem que para Colombo era mais que a ultima viagem era sua jornada épica, era sua chance de encontrar a China, contudo Colombo encontrou tempestades tropicais, nativos hostis, um furação horrível que destroçou a armada espanhola e o último prejuízo de ficar por um ano e cinco dias encalhado na baía de Santa Ana, na Jamaica. Seu objetivo não foi alcançado, e só escapou da morte graças à coragem de dois tripulantes seus que remaram num pequeno barco até a ilha de Espanhola para trazer socorro. Retorna para a casa e dois anos depois morre rico, porém injustiçado.

"É certo que eu servi às Suas Majestades com diligência e amor e não para ganhar o paraíso, e se em alguma coisa houve falta, havia sido por ser impossível ou pelo meu saber e força não alcançar o que havia adiante..." - Cristóvão Colombo em carta ao seu filho Diego: Sevilha, 21 de novembro de 1504.

Um livro notável, que o já conhecido escritor de aventuras biográficas, como as encontradas em No Coração da África (2004), onde narra à exploração do Dr. Livingstone, o primeiro homem a atravessar o continente africano ou As aventuras do Capitão James Cook (ainda não lançado no Brasil) traz uma nova abordagem da história, fazendo os personagens reais falar por si, contando suas peripécias e desventuras.

Uma aventura para se ler para conhecer e rever o que sabemos de Colombo.


A última viagem de Colombo
Autor: Martin Dugard
Tradução: Renato Bittencourt
Editora Record
ISBN: 9788501075031
303 páginas
Ano: 2007

630 visitas desde 19/04/2017


Quer outra dica de livro?