A Garganta da Serpente
Resenhas dos Répteis releases, resenhas e críticas
Texto de:

Rodolpho Zannin Feijó

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Manuscritos de Sangue: mergulhe no lado mais sombrio da espécie humana
- Um livro de Waldick Garrett -

Este novo livro de Waldick Garrett mergulha no lado mais sombrio da espécie humana. Faz um vôo cego pela psiquê de personagens insólitos, raros - e nem sempre os revela completamente. Ainda um jovem aos 32 anos, de onde terá recolhido elementos para seu material? Quais áreas escuras da imaginação terá visitado para se inspirar?

"Esqueça o atento narrador do cotidiano, de olho na poesia do banal. Nem pense em cruzar aqui com o contista romântico, com um pé no lirismo. Numa obra tão sombria quanto sensacional, Garrett brinda-nos com histórias ricas em mistérios, surpresas, voltas e reviravoltas - peças de um mosaico que se completará só ao final do livro. É um texto ardiloso, melífluo. Foi tecido pacientemente para nos prender da primeira à ultima página. E consegue isto. Na verdade, um livro perturbador."

SOBRE A OBRA
Um homem desperta em um sótão escuro, assolado por uma amnésia temporária. Diante de um estranho espelho, terríveis lembranças atormentá-lo-ão. Um motorista solitário, ao evitar um acidente, acaba despertando um ser aterrorizante que se oculta à margem da rodovia. Em uma fazenda, sinais de desconforto físico e espiritual nos avós de um menino são indícios de um antigo pacto maligno que ressurgirá para o seu devido cumprimento. Dois capitães brasileiros em uma missão de exploração no planeta Maya experimentarão o pior pesadelo imaginado pela humanidade. A busca pelo avanço da corrida espacial, no século XXVI, poderá custar-lhes a vida. Após o assassinato do Grão-mestre em um templo maçônico, o tenente Hiram passa a desvendar, paulatinamente, os mistérios que margeiam o episódio e acaba envolvendo-se em uma emaranhada teia maquiavélica. Uma expedição à Patagônia chilena tem seu rumo alterado para uma estranha ilha. Há segredos dos governos brasileiro, chileno e argentino sobre uma pesquisa científica que estuda um fenômeno local. O grupo de sobreviventes enfrentará o desconhecido, um terror sem precedentes.
Garrett é o anfitrião destes treze contos que nos conduzem ao sobrenatural, ao mais profundo sentimento de terror, tornando nossa imaginação refém das fantasias e mistérios insurgidos nos textos.
Respire fundo e mantenha a luz do abajur acesa. Prepare-se, então, para ingressar neste mundo maculado de sangue, transitar por vielas imundas e invadir cômodos escuros, embolorados, com odores fétidos, caminhos nos quais somente a imaginação conseguirá transitar incólume, em plena sanidade. Porque, depois de esgueirar-se por esses Manuscritos de Sangue, não haverá mais escapatória para a previsibilidade do cotidiano.

SOBRE O AUTOR
Waldick Garrett é Comendador Literário Internacional pela Suprema Ordem Internacional Imperatriz Teresa Cristina BR/PO, Grau Cavaleiresco, e Centro Cultural Brasil Interativo. Foi indicado a receber a Faixa Grã-Cruz, pertencente ao Imperador D. Pedro II, como destaque da cultura internacional.
Professor Universitário, Advogado e Capitão da Polícia Militar, ocupa a cadeira de n° 46 da Academia de Letras Luso-Brasileira, tendo como Patrono seu ancestral, o poeta português Almeida Garrett. Pertence à Academia Literária Ponto de Vista Literatura/RJ, tendo recebido a láurea máxima: o Prêmio São Jorge de Literatura. É associado à União Brasileira de Escritores, angariou inúmeros concursos literários e seu conto "O Diário de Victor" (inserido no livro Manuscritos de Sangue) está sendo adaptado para uma peça pela Cia. de Teatro Saltimbancos.
É autor da obra Manuscritos de Sangue, Ed. Novo Século, 280 pág, 2006, e co-autor da obra Prática em Processos e Procedimentos Administrativos-Sindicância e Inquérito Policial Militar, Ed. Juruá, 200 pág, 2003. Participou de diversas publicações através de concursos para compor antologias, além de revistas, jornais e on-line, consistentes em matérias, contos e calendários literários.


Manuscritos de Sangue
Autor: Waldick Garrett
Ed. Novo Século
Páginas: 280
Ano: 2006

488 visitas desde 18/04/2017


Quer outra dica de livro?