A Garganta da Serpente
Resenhas dos Répteis releases, resenhas e críticas
Texto de:

Luiz Alberto Machado

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Vôo rasante ao universo de Vânia Moreira Diniz nosso habitante

Falar de Vânia Moreira Diniz, como já disse numa edição do Boletim Nascente, é uma das coisas que mais aprecio e que muito me apraz. Claro, não é todo dia na vida da gente que se tem o privilégio de privar da amizade de uma grande mulher como esta. E para se ter uma idéia sobre o talento desta poeta, escritora, humanista e pesquisadora, vou aproveitar esta oportunidade e tecer algumas considerações a seu respeito.

Vânia, essa libriana adorável, nasceu no Rio de Janeiro com o privilégio de ser batizada nas águas marinhas de Copacabana e de perambular sua liberdade infantil pela Barata Ribeiro e pela Gávea, onde aprendeu a escrever seus próprios textos a partir dos sete anos de idade, virtude esta jamais abandonará, fruto de assídua leitura desde tenra idade.

Na adolescência fez teatro, estudou piano, aprendeu a tocar violão e dedicou-se mais à leitura e a buscar uma personalidade própria para sua literatura.

Radicou-se há anos em Brasília, onde se formou em Letras, pós-graduou-se em Educação, fundou e dirigiu por dez anos o Centro de Treinamento de Língua e, ainda hoje, atua como orientadora de teses e monografias.

Depois disso, participou com os professores Antônio Paulo Filomeno e Paulo de Matos Ferreira Diniz, do livro "Manual de Saúde Física e Mental do Servidor Público", com o tema "Drogas: Pesquisa e Contextualização", publicado pela Editora Brasília Jurídica, em 1998.

Daí, escreveu seu primeiro livro em 2000, o romance Laura, publicado pela editora Cia. Projeto Editorial. E não parou mais: "Olhos Azuis", de poesias, em 2001, numa edição multimídia com duzentos e vinte e quatro poemas, resultado de diversos prêmios que conquistou com seus trabalhos poéticos. E, em 2002, "Eu me enterneço", também de poesias.

Em seguida veio o "Acordes", recém-lançado como e-book e, finalmente, o "Vôo na Distância", a ser lançado pela Editora Blocos, ambos de poesias.

Mais ainda: essa incansável incentivadora e compulsiva poeta, além de participar de diversos sites e escrever para os mais diversos jornais e revistas brasileiras, mantém na Internet um site dos mais visitados, com a sua biografia, seu trabalho, seus contos, crônicas, poesias e relatos; um grupo de discussão com página individual para os membros; ferramentas de buscas; boletins e informativos; links e banners dos mais diversos sites da Internet; e contando com uma série de autores convidados em colunas que versam sobre Literatura, Música, depoimentos, ensaios, crônicas e as mais variadas vertentes da nova expressão literária brasileira. Na verdade, um site do tamanho do coração de Vânia.

Devo dizer que tive a oportunidade de ler os seus três livros de poemas, onde Vânia Moreira Diniz relata suas experiências, sua visão de estar no mundo, sua esperança e sua introspecção extrospectiva. Nela, tudo é solidário e terno, transbordando seus sentimentos caudalosos através de uma linguagem simples e com uma dicção própria. Isto se deve à sua voz belíssima e seu jeito ímpar de dizer e declamar seus textos, o que me leva mais a dizer que, sem sombra de dúvida, feliz de quem tiver a oportunidade de ouvir a voz de Vânia dizendo palavra que seja, com a sua peculiar carga de sentimentos.

Para não me alongar muito, porque o melhor é conhecer bem de perto a sua obra que pode ser conhecida e consultada no site da Vânia, que, com certeza, será onde o navegante poderá constatar toda verve e beleza anímica dessa grande mulher que é Vânia Moreira Diniz. E aproveito e convido para visitarem a entrevista com ela neste Guia.


Vôo na distância
Autor: Vânia Moreira Diniz nosso habitante
Editora: Editora Blocos

428 visitas desde 21/04/2017


Quer outra dica de livro?