A Garganta da Serpente
Resenhas dos Répteis releases, resenhas e críticas
Texto de:

Divulgação

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Contos Sinistros de Felipe Cerquize nosso habitante

Felipe Cerquize autografou o seu livro Contos Sinistros na XII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, no dia 15 de maio. A Litteris Editora , responsável pela publicação, reservou o horário de 18:30 h às 20:00 h para o lançamento. Pessoas que circulavam pelas ruas do pavilhão verde acabaram envolvendo-se na festa de lançamento e juntaram-se aos vários amigos do escritor.

O livro compõe-se de 24 contos, que são sinistros mas não são pesados, muito pelo contrário. O autor sabe caminhar com elegância e sabedoria na estreita trilha que separa o real do imaginário, deixando sempre uma mensagem positiva para o leitor. E o mais importante é que, por trás de todos os textos, o amor humano é o pano de fundo que permeia todos os enredos. É a visão de um poeta que pinta com diversos matizes as realidades que nos cercam.

O estilo de Felipe é enxuto. Dá gosto sentir como ele move as palavras no tabuleiro do discurso psicológico das personagens e na crueza dos fatos. Suas histórias são uma prova de como a alma da poesia flerta com os contornos da prosa. Dois pesos, duas medidas. Os contrapontos de suas frases remetem a um contínuo embate entre a esperança e o desalento, revelando o que há por trás do choque das gerações, da incomunicabilidade dos casais, das paisagens remotas que insistem em freqüentar os sonhos dos desesperados. O prefácio é do grande poeta Tibério Gaspar.

O livro poderá ser solicitado pelo e-mail contos.sinistros@gmail.com


Contos Sinistros
Autor: Felipe Cerquize nosso habitante
Editora: Litteris Editora

412 visitas desde 19/04/2017


Quer outra dica de livro?