A Garganta da Serpente
Linguagem de Cobra estilística e metalinguagem
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • download do PDF
  • recomende esta página

Vícios de Linguagem

Quando o modo de falar ou escrever, contrariando as normas de uma língua, torna-se freqüente e habitual na expressão de um indivíduo ou de um grupo, temos o que chamamos de vícios de linguagem.


  • Ambigüidade ou anfibologia: caracteriza-se pelas mensagens de duplo sentido. Pode ocorrer devido à disposição inadequada das palavras numa frase.
    Ex.:
    "Abandonei-o contrariado"
    "O guarda deteve o suspeito em sua casa"

  • Barbarismo: uso de palavras erradas quanto à pronúncia, forma ou significação.
    Ex.:
    "metereologia" em vez de "meteorologia" (cacoépia: erro de pronúncia)
    "rúbrica" em vez de "rubrica" (silabada: deslocamento do acento tônico)
    "excessão" em vez de "exceção" (cacografia: erro de grafia)
    "namorar com" em vez de "namorar", "bom-tom" em vez de "educação" (estrangeirismo - obs.: quando o vocábulo estrangeiro é muito necessário, adapta-se à pronúncia e à grafia do português, como nas palavras "bife", "clube", "abajur", "gol", etc).

  • Cacófato: som desagradável ou palavra inconveniente, ridícula, obscena, resultante da junção de vocábulos numa frase.
    Ex.:
    "Não tenho pretensões a cerca dela"
    "Ela tinha muito dinheiro"

  • Colisão: seqüência de sons consonantais iguais, da qual resulta um efeito acústico desagradável.
    Ex.:
    "Se você se sair satisfatiramente bem, seremos salvos"
    "Futebol define finalistas do final de semana"

  • Hiato: é o acúmulo de vogais que produz um efeito acústico desagradável.
    Ex.:
    "O amálgama faz mal"
    "Assava a asa da ave"

  • Pleonasmo: uso de palavras ou expressões redundantes ou supérfluas, que não acrescentam nada ao que já foi dito.
    Ex.:
    "Subir para cima "
    "Monopólio exclusivo"

  • Solecismo: infração às normas de sintaxe (concordância, regência ou colocação).
    Ex.:
    "Haviam dez alunos na sala" em vez de "havia dez alunos na sala"
    "Assisti o filme" em vez de "assisti ao filme"
    "Me empresta o guarda-chuva" em vez de "empreste-me o guarda-chuva"

  • Arcaísmo: emprego de palavras ou construções que já caíram em desuso.
    Ex.:
    "Os dias de nojo passaram" em vez de "os dias de luto passaram"
    "Trabalho feito de muita gente" em vez de "trabalho feito por muita gente"
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente