A Garganta da Serpente
Encantadores de Serpentes concursos e prêmios literários
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

PRÊMIO UNICAMP ANO 40 DE CONTO

A Universidade Estadual de Campinas divulgou na quarta-feira (29) os vencedores do concurso de contos que realizou neste ano como parte da comemoração de seus 40 anos. O primeiro lugar foi conquistado por Marisa Lajolo, com o conto “Fernando Pessoa, meu caro Watson”; em segundo ficou Helena Ortiz, autora do conto “Vulvera vitae”; o terceiro lugar coube a José Mário Arruda Toledo, com “O jogo de caxangá”.

Os três primeiros colocados receberão um prêmio em dinheiro de R$ 7 mil, R$ 3 mil e R$ 1 mil respectivamente, a ser entregue no próximo dia 12 de dezembro, na Unicamp, durante reunião do Conselho Universitário. A comissão julgadora foi composta pelos escritores Alcir Pécora, Alcides Villaça e Marco Aurélio Cremasco. A comissão encarregada do concurso de ensaios “Unicamp 40 anos” julgou deserto este certame, não sendo premiado nenhum dos trabalhos apresentados.

Participaram do concurso de contos mais de 500 autores brasileiros e de países de língua portuguesa. Dado o interesse despertado pela iniciativa, a Unicamp resolveu perenizar o concurso, realizando-o a cada dois anos. Os 40 melhores contos do concurso de 2006 serão reunidos em livro pela Editora da Unicamp.

Os 37 contos escolhidos pela comissão para compor o livro com os três premiados são os seguintes: “Beleza”, “O veleiro na parede”, “Cacholetas”, “Funil”, “Messe”, “O abrigo”, “Pedra de toque”, “Intervalo”, “Pássaro Mágico”, “Eco da Madrugada”, “Rosário de Maria – O Tadinho”, “Madrugada de Abril”, “Como um poeta”, “Tudo”, “A criada”, “Moacir encostado na parede”, “Centenário de nascimento de um escritor desconhecido”, “Suicídio de um obsessivo-compulsivo”, “O Filósofo”, “Porró do beco das almas”, “Separação”, “Dois fragmentos exemplares de uma tópica satânica”, “Romae Similiter Romanibus”, “Domingos no parque”, “Sabor artificial”, “O menino e a Virgem”, “Insônia blues”, “O tradutor”, “Desarranco”, “João Ninguém”, “Os corvos”, “Fois gras em preto-e-branco”, “La abuela ou Da vida das formigas”, “Tudo tem seu tempo”, “Geometria analítica plana”, “Fim de tarde”, “Destino”.

Os premiados.:

Marisa Lajolo é paulistana, mas foi criada em Santos. Estudou Letras na Universidade de São Paulo, onde defendeu seu mestrado e doutorado. É professora titular aposentada da Unicamp e professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É autora de vários livros e ensaios sobre literatura e de um romance, Destino em aberto.

Helena Ortiz é gaúcha radicada no Rio de Janeiro, autora dos livros de poemas Pedaço de mim (Ed. T&T, Porto Alegre, 1995), Margaridas (Ed. Blocos, Rio de Janeiro, 1997), Azul e sem sapatos (Ed. Blocos), EM PAR (Editora da Palavra, 2001) e Sol sobre o dilúvio (Editora da Palavra, 2005). É editora do jornal virtual “Panorama da Palavra”.

José Mário Arruda Toledo (J. Toledo), nascido em São Paulo, é escritor, jornalista, artista plástico e fotógrafo. Escreveu os seguintes livros: Flávio de Carvalho - o comedor de emoções (Brasiliense/Unicamp, 1994), A divina com mídia – crônicas bizantinas (Brasiliense, 1996), Dicionário de suicidas ilustres (Record, 1999) e Dois uísques em Cafarnaum (Record, 2006).


MAIS INFORMAÇÕES.:

» Termo de Cessão de Direitos Autorais (em Adobe PDF)

Universidade Estadual de Campinas
Concurso de Contos Unicamp Ano 40
Reitoria
CEP 13083-960 – Campinas / SP

Site: http://www.unicamp.br/unicamp/divulgacao/premio-40anos.html



ATENÇÃO: as informações aqui divulgadas são de inteira responsabilidade dos organizadores dos concursos. Para mais informações ou esclarecimentos, entre em contato com os mesmos. A Garganta da Serpente apenas faz a divulgação.
legenda dos ícones:
  • novo concurso
  • prazo prorrogado
  • com taxa de inscrição
  • premiação em dinheiro
  • premiação em livros/publicação
 
lista
Seja avisado sempre que a seção dos Encantadores de Serpentes for atualizada

somente texto HTML



Siga nosso Twitter:
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente