A Garganta da Serpente
Encantadores de Serpentes concursos e prêmios literários
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia Falada

O poeta Cristiano Cabral, de Gurupi, com a poesia "Prostitutas Brazil", foi vencedor, na categoria texto, do XI Concurso Benjamim Rodrigues de Poesias Falada, realizado nos dias 2 e 3 na praça do Centro Cultural Mauro Cunha e que foi promovido pela Fundação Cultural de Gurupi. A segunda colocação ficou para Benedito José de Almeida falcão, da cidade de Bauru (SP), com o texto " Varal", enquanto que Fabiano Donato leite, de Gurupi, classificou-se em terceiro lugar com a poesia "O Eterno em Mim".

Já na categoria de interpretação, venceu Glégis de Assis, de Gurupi, declamando o poema de sua autoria " Revolução Vertebral". A segunda colocação ficou para Dagmar Fróes, de Pau D'Arco (TO) , Interpretando dela mesma "Tem trem que tem trava". Grace Kelli Mattos Barbosa, de Gurupi, interpretando o poema "O eterno em mim, " de Fabiano Donato Leite, ficou com o terceiro lugar nessa categoria.

O primeiro lugar de cada categoria recebeu como prêmio R$ 1.500,00; o segundo R$ 800,00; e o terceiro classificado R$ 500,00. Todos também receberam uma bela placa em reconhecimento a essa conquista.

PERFIL DOS JURADOS.:

A comissão julgadora na categoria texto foi composta por Maria Cícera Celidônio, graduada em Letras Português/Inglês, especialista em Planejamento Educacional e Metodologia do Ensino Superior, Mestre em Formação Lingüística do professor Alfabetizador, e professora do curso de Letras da Faculdade Unirg, de Gurupi. Outro jurado foi o poeta, jornalista, conferencista e ativista cultural Zacarias Martins, autor de seis livros de poesias, titular da Academia Tocantinense de Letras, secretário executivo da Academia Gurupiense de Letras e membro da Academia Brasileira de Jornalismo. Também participou do corpo de jurados a jornalista Sônia de Jesus Pinheiro Silva, professora do curso de Comunicação Social da Faculdade Unirg, com mestrado em Comunicação, Mídia e Cultura.

Na categoria interpretação, a comissão julgadora foi formada pelo ator, diretor, professor e bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO, Marcelo Souza, atualmente residindo em Palmas. Ele possui especialização em Direção Teatral. Produziu, dirigiu e atuou em vários espetáculos, dentre os quais, "Barrela", de Plínio Marcos, no Rio de Janeiro; e "Auto da Compadecida", de Adriano Suassuna, em Brasília. Outro jurado foi o ator, diretor e professor, Nival Correia, também de Palmas. Atuou em várias oficinas teatrais no Tocantins, através da Cia de Teatro Raízes, Cia de Teatro Contra-Tempo, Grupo Sobrevivendo e Cia de Teatro Chama Viva, dentre outras. Completando o trio de julgadores estava a premiada atriz gurupiense Demy Brito, mais conhecida como Neguinha. Além de atriz ela é diretora de teatro, poeta e compositora, graduada em Pedagogia pela Faculdade Unirg. Neguinha também obteve a primeira colocação na categoria interpretação das edições II, III e IV do Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia Falada.

APRESENTAÇÕES ARTÍSTICA.:

Como parte da programação, vários artistas divifiram o palco nos intervalos das declamações. Na sexta-feira, o Grupo de Dança da Academia Ativa apresentou a coreografia "Tô Saindo". Logo após se apresentou Fernandinho do Cavaco. E na seqüência, os músicos Ademar Quintanilha, WPresley e Chiquinho Chokolate.

Na noite de sábado os bailarinos da Cia Afro Break apresentaram a coreografia " Movimento de Rua". Depois o músico Arion Reis apresentou composições de sua autoria.

TRAJETÓRIA.:

A Presidente da Fundação Cultural de Gurupi, Lucirez Amaral lembrou que o Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia Falada já se consolidou no cenário artístico tocantinense ao longo de sua existência, demonstrando a maturidade e a seriedade do concurso que nasceu da necessidade de se promover a cultura, especialmente, a poesia e o teatro em Gurupi, sendo assim, uma sucessão natural de todos os eventos culturais que o antecederam, como as Semanas Culturais e os festivais de músicas, a exemplo do FESC – Festival da canção. "Eventos esses que colocaram o nosso município como um dos principais do Tocantins, no que tange à efervescência cultural, tanto agora, quanto à época do então norte Goiano", destaca Lucirez.

Idealizado pelos poetas Ronaldo Teixeira (hoje, coordenador artístico e cultural da Fundação Cultural de Gurupi), e Gil Correia, o Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia falada contou logo na sua primeira edição, em 1994, com a participação ativa da então presidente da Associação de Artes de Gurupi, Lucirez Amaral e, no ano seguinte, da poeta Zélia Coelho.

E é Ronaldo Teixeira que enfatiza que realizar um concurso literário com o nome do fundador de Gurupi, Benjamim Rodrigues Nogueira, é a forma de expressar o quanto acreditamos que a cultura é a prova viva de um povo. E que ela só existe quando esse povo cultua sua memória e seus valores.


MAIS INFORMAÇÕES.:

Fundação Cultural de Gurupi
Avenida Maranhão, 1507. Centro
CEP: 77410-020 - Gurupi / TO

Tel: (63) 3312-5767.

Site: http://www.prefeituradegurupi.com.br


ATENÇÃO: as informações aqui divulgadas são de inteira responsabilidade dos organizadores dos concursos. Para mais informações ou esclarecimentos, entre em contato com os mesmos. A Garganta da Serpente apenas faz a divulgação.
legenda dos ícones:
  • novo concurso
  • prazo prorrogado
  • com taxa de inscrição
  • premiação em dinheiro
  • premiação em livros/publicação
lista
Seja avisado sempre que a seção dos Encantadores de Serpentes for atualizada

somente texto HTML



Siga nosso Twitter:
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente