A Garganta da Serpente
Cine Cobra para ler e assistir
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Beleza Humana

(Hélio Consolaro)

Hoje, apesar da raridade, há uma crise nos casais que chegam aos 50 anos e que permanecem juntos. Se se casaram novos, os filhos já estão criados, encaminhados na vida, enquanto marido e mulher inteiros, fazendo academia, com tempo de planejar novas aventuras amorosas, ainda mais com surgimento do Viagra e similares.

Quem assistiu ao filme “Beleza Americana”, premiadíssimo, tem a noção de que escrevo nesta crônica. O diretor Sam Mendes ironiza a família norte-americana.

Lester Burham não agüenta mais o emprego e se sente impotente perante sua vida. Casado com Carolyn e pai da adolescente Jane, o melhor momento de seu dia é quando se masturba no chuveiro. Até que conhece Angela Hayes, amiga de Jane. Encantado com sua beleza e disposto a dar a volta por cima, Lester pede demissão e começa a reconstruir sua vida.

Assim aconteceu com um professor de Matemática. Galinhão, se achando mocinho, só queria mulher nova para novos relacionamentos.

Como os dois, marido e mulher, pareciam mais dois irmãozinhos, já não tinham muito que conversar, apenas bem-querer, deixou um bilhete para sua esposa com a seguinte mensagem, pecando pelo excesso de sinceridade:

Querida esposa, sei que compreendes que agora tens 54
anos, e que eu tenho certas necessidades que já não podes satisfazer. Sou feliz contigo, como minha esposa e, sinceramente, espero que não te sintas magoada ou
ofendida ao saber que, quando estiveres lendo este bilhete,
estarei no Farra Total Motel com minha nova colega de magistério, que tem 27 anos. Mas não te preocupes, que chegarei em casa antes da meia-noite.


O meu colega de magistério foi muito cara-de-pau ao deixar um bilhete com este teor a uma mulher, arrumou uma eterna inimiga, pois menosprezou seus predicados, atingiu sua auto-estima. Dará muito trabalho ao professor no fórum, no momento da separação. Afinal, uma mulher de 50 anos ainda tem muita lenha pra queimar.

A farra foi boa. Quando o cara chegou em casa, vindo do motel, encontrou o troco, uma carta da esposa com a seguinte mensagem:

Querido marido, obrigada pelo aviso. Aproveito a oportunidade para lembrar-te que tu também tens 54 anos. Não és nenhum mocinho. Ao mesmo tempo, te comunico que, quando estiveres lendo esta carta, estarei no Motel Momentos Íntimos com meu professor de natação, que também tem 27 anos. Como és um matemático, poderás compreender facilmente que estamos nas mesmas circunstâncias, mas com uma pequena diferença: 27 entra mais vezes em 54, do que 54 em 27. Portanto, não me espere, porque só chegarei amanhã! Espero que a noitada tenha sido boa.

Beleza Americana
American Beauty
Direção: Sam Mendes
Duração: 117 minutos
Ano: 1999

  • 2247 visitas desde 31/10/2010


Quer outra dica de filme?

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com