A Garganta da Serpente
Os habitantes perfis e biografias dos autores

Marcilio Medeiros

É membro da União Brasileira de Escritores – Secção Pernambuco – UBE-PE, do qual foi Diretor Administrativo nos biênios 1997-1998 e 1999-2000. Foi da comissão organizadora do I Congresso Nacional de Escritores em Pernambuco (1995). É professor universitário. Começou a escrever ainda adolescente, publicando os primeiros poemas em jornais locais. Nessa época, editou os periódicos literários Vaga-Lume e Prólogo, foi articulista do Jornal Diga, Olinda e participou do Movimento dos Escritores Independentes de Pernambuco. Influências/confluências: Rimbaud, Rilke, Sá-Carneiro, Anais Nin, Cavafis, San Juan de la Cruz, Emily Dickinson, Mallarmé, Ginsberg, Augusto dos Anjos, Safo, Cruz e Sousa, Pedro Kilkerry, Lucio Cardoso, Lautreamont, Sylvia Plath, Hilda Hilst, Ana Cristina César, Caio Fernando Abreu, Florbela Espanca, William Blake e, principalmente, Cecília Meireles, Clarice Lispector e Fernando Pessoa. Livros: Anjo Clandestino - poesia (1984) e A Pulsação Repleta – poesia (1998). Participação em antologias poéticas: Gente da Gente Fala de Amor (1997), Mormaço e Sargaço (1998) e coletânea do Prêmio Banese de Literatura (2004). Premiações: Prêmio Lira e César/1995 – poesia – menção honrosa, da Academia Pernambucana de Letras, Diploma Reconhecimento Literário pelo poema Aparição, no Concurso Imagem e Poesia 1996, do Espaço de Arte Frans Post, e finalista no Prêmio Banese de Literatura/2004.

  • Habitante desde18/01/2008
  • ler trabalhosA Toca da Serpente
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com