A Garganta da Serpente
Os habitantes perfis e biografias dos autores

Ligi@Tomarchio®

Ligia Scholze Borges Tomarchio, sagitariana, nascida em 24 de novembro de 1955, em Maringá-PR. Fui criada e resido na capital de São Paulo. Entre outros cursos, estudei na Faculdade de Belas Artes, me formando em Licenciatura em Educação Artística para 1º Grau e nunca lecionei. Frequentei várias Oficinas Literárias na "Casa Mário de Andrade", da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, coordenadas por escritores e poetas de renome. Fiz parte da UBTSP - União Brasileira de Trovadores de São Paulo, ativamente, por um período de um ano. Posso dizer que sou autodidata. Sempre gostei muito de ler e aprender de tudo um pouco. Escrevo desde a adolescência, como muitos... Gosto muito de música e tenho um gosto eclético, desde Rock, Blues, Soul, Erudita, New Age, Thecno... Adoro plantas e animais. Tenho um jardim que gosto de estar cuidando, acompanhada dos meus quatro bichanos e minha cadela que não sai de perto. Ouço o canto dos pássaros pela manhã, quando consigo levantar cedo ou quando vou dormir tarde. Sou notívaga por natureza, mas as responsabilidades de esposa e mãe de duas filhas(uma já casada e com dois filhos: uma menina de um ano e seis meses e um menino de 2 meses), me levam a achar um meio termo... nem sempre. Enfim, costumo dizer que estou numa fase de contemplação. Observo tudo na natureza e tento apreender, alimentar minha alma e meu coração. Ah! Os amigos...que dádiva tê-los por perto... parece que Deus fala conosco... Aos amigos, agradeço tudo que conquistei na Internet desde 2002, quando nela ingressei. Tenho um livro impresso publicado em 2004, intitulado "Retendo Imagens", lançado na Bienal do Livro de São Paulo, participei de várias antologias poéticas, uma publicada em Portugal, sem contar na publicação dos meus textos em vários e-books e sites de amigos. Ultimamente, tenho me dedicado à confecção e manutenção do meu site pessoal e construído sites para alguns amigos, gaciosamente. Bem, espero que gostem dos meus textos, tanto quanto gosto desse pensamento de Clarice Lispector: "Escrever é procurar entender, é reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador." SP/28/10/2006 Ligi@Tomarchio®
email  website61sexopaís

  • Habitante desde14/11/2002
  • ler trabalhosA Toca da SerpenteContos de CoralVeneno CrônicoDownloadsBiblioteca dos Quelônios
  • Retendo Imagens

  • Vórtice atômico

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com