A Garganta da Serpente
Os habitantes perfis e biografias dos autores

Gilberto Nogueira de Oliveira

Nasceu em 26 de agosto de 1953 em Nazaré-Ba. Foi morar em Belo Horizonte em outubro 1976. Mudou-se para Salvador em 1978 e retornou à sua terra natal em 1980. Escreveu dois livros de poesias. Em 2005 lançou seu primeiro livro (Ferro Teatro). Seus livros: REVOLTA, ALEM DA MISÉRIA, O SANTO DEMÔNIO, ESSES HERÓIS CAMPONESES, OS DOIS POLOS ANTAGÔNICOS, O SISTEMA, NEOLIBERALISMO NO CÉU, IMPÉRIO, ORGIAS CAPITAIS, FERRO, O HOMEM PARTIDO, ZÉ, TEATRO IMPRODUTIVO, LÁ FORA , EM MINHA TERRA, FERRO E A VINGANÇA DO DIABO. Em 2002 reuniu todas as suas poesias em dois livros: EM MINHA TERRA (são poesias feitas em Nazaré-Bahia) e LÁ FORA (poesias feitas em Belo Horizonte-MG e em Salvador-BA. Parou de escrever em 2002 por motivo de saúde e retornou ao mundo da cultura em 2010 com algumas poesias e um livro. Todas as suas obras foram organizadas e registradas na Fundação Biblioteca Nacional-RJ-Brasil pelo Historiador André Leite. Escreve para diversas revistas a seguir: Palanque Marginal (Brasil) WebArtigos (Brasil) Revista Partes (Brasil) Varal do Brasil (Suíça) Raizonline/Radio e Jornal (Portugal) etc.

  • Habitante desde23/05/2017
  • ler trabalhosA Toca da Serpente
  • Em minha terra

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com