A Garganta da Serpente
Adoradores de Serpentes poemas sobre ofídios
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Da serpente

(Para Agostina Akemi Sasaoka)

A serpente agarra
a própria cauda.
Ciclo perfeito:
ad infinitum.
Onde início se fecha
em fim?
Kundalini ondeia.
Serpente serpenteia,
rio de fluídos
nutritivos,traço de energia pura.
Libido,Frêmito, Desejo, Orgasmo,.
prazer psicossomático.
Oroboro,
ofídeo símbolo:
toca sagrada dos ritos
de Eleusis.
Tesmoforia:
o secreto segredo
dos ciclos,
a possibilidade
de multiplicação.
SSSSSSSSSSSSSSS<


Clevane Lopes

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com