A Garganta da Serpente
Adoradores de Serpentes poemas sobre ofídios
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Luz e Serpente

Não adianta pensares que és bom,
e ter medo de se mirar ao espelho,
ver tua alma fervilhar por sujos segredos.

Não passes a vida num sono acordado,
nem te percas no labirinto dos sentidos,
ele é a ilusão dos enganados.

Existe um belo mundo um pouco além
das fronteiras pálidas da aparência,
busque tua verdade na sincera essência.

Pois as mentiras que proferes
enganam mais a ti que a outrem.
Portas encantadas de seres o que não és...

Não te furtes da humildade,
nem sejas a serpente enroscada no talo da flor
ao oferecê-la a um amor, como tens feito.


Cíntia M. Melo

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com